17 de maio de 2014

Crítica

Um amigo foi convidado para fazer uma palestra sobre a crítica.
Entrou no auditório lotado carregando uma mala.
Cumprimentou as pessoas, e em seguida começou a enfeitar a mesa com alguns artigos de decoração.
Pequenos bonecos coloridos, velas de diversos tamanhos e cores, alguns cristais, um vaso com flores e uma grande Bíblia dourada.
Pra finalizar colocou em meio aos objetos um vidro com uma barata.
Em seguida perguntou ao público:
- O que vocês veem aqui?
As pessoas começaram a responder:
- Um bicho muito nojento!
- Um monstrinho!
- Um inseto sujo!
- Uma praga imunda!

Quando as vozes silenciaram, o amigo palestrante disse:

Assim é o espírito da crítica destrutiva!
Ninguém enxergou os lindos bonecos coloridos, as velas, os cristais, o vaso com as flores, a Bíblia.
Mas não passou despercebida aos olhos da maioria a barata...
E, sorrindo, concluiu:
- Nada mais tenho a dizer... 

Um comentário: