8 de março de 2014

“Dia internacional da mulher” Aproximadamente 130 mulheres carbonizadas dentro de uma fábrica.


No Dia 8 de março de 1857, operárias de uma fábrica de tecidos de Nova Iorque, fizeram uma grande greve.
Ocuparam a fábrica e começaram a reivindicar melhores condições de trabalho.
Redução na carga diária de trabalho para dez horas (as fábricas exigiam 16)
Equiparação de salários com os homens (as mulheres recebiam um terço do salário de um homem,  fazendo o mesmo tipo de trabalho)
E também exigiam tratamento digno dentro do ambiente de trabalho.

A manifestação foi reprimida com muita violência.
As mulheres foram trancadas dentro da fábrica, que foi incendiada.
Aproximadamente 130 tecelãs morreram carbonizadas.

Somente em 1910, durante uma conferência na Dinamarca, ficou decidido que o 8 de março passaria a ser o "Dia Internacional da Mulher", em homenagem as mulheres que morreram na fábrica em 1857.
Mas somente no ano de 1975 a data foi oficializada pela ONU.
“SOMENTE NO ANO DE 1975 A DATA FOI OFICIALIZADA” hahah

*Se as vítimas dessa desumanidade fossem as mulheres e filhas dos políticos daquela época, eles teriam criado e oficializado o “Dia internacional da mulher” no mesmo dia.



Nenhum comentário:

Postar um comentário