7 de junho de 2012

Você é o mundo!



Krishnamurti diz: "Você é o mundo"

O mundo é a coletividade de indivíduos.
Portanto seja o que for o mundo, ele é uma contribuição de indivíduos.
Se o mundo é feio, você contribuiu para essa feiura.
Se é ódio, inveja, raiva, ambição, cobiça, você contribuiu para todo este inferno que estamos vivendo.
Você não pode jogar a responsabilidade em outra pessoa, você tem de aceitar a sua responsabilidade.
Se existe guerra, se existem 'Hitlers', é fácil apontar para essas pessoas e dizer que elas são responsáveis.
Mas quem as cria?
Os 'Hitlers' são a nossa contribuição, o nosso voto, o nosso apoio.
No momento em que você condena alguém, está condenando a si mesmo.

Você pode contribuir de uma forma positiva ou de uma forma negativa com o mundo.
Por exemplo:
Você pode colocar fogo numa casa...essa é a maneira positiva, é a maneira ativa.
Então você fica ao lado, e não faz nada para apagar o fogo, essa é a maneira negativa.
Mas as duas são responsáveis.

Você é contra a guerra, um pacifista, sempre com uma bandeira na mão protestando contra a guerra, contra a violência.
Mas os seus protestos, o seu pacifismo, a sua luta contra a guerra, ainda é parte da guerra, você não é uma pessoa de paz.
É fácil ver isso quando você está protestando.
A raiva, a violência é tão óbvia em você, que a gente pensa:
Por que essa pessoa está protestando contra a guerra, contra a violência?
Ela deveria se juntar a algum lado da guerra, porque por dentro está cheia de raiva, ódio,e violência,
contra qualquer pessoa que não concorde com ela.
Você esta contribuindo com a violência tanto quando qualquer outra pessoa.
Você pode estar falando de amor, mas ao mesmo tempo dizendo que devemos lutar por amor.
Maomé tinha palavras escritas na sua espada dizendo:
"A paz é a minha mensagem."
Ele só conseguiu encontrar uma espada para escrever "A paz é a minha mensagem!"
Ele deu origem a uma religião que chamou de "Islã."
Islã quer dizer paz, e o Islã criou mais violência no mundo do que qualquer outra religião.
Em nome da paz, o Islã tem matado, e convertido milhões de pessoas.

"Você é o mundo”.
Onde quer que esteja, o que for que faça, você ajuda a criar esse mundo que existe.
Se ele é doente, você contribuiu “Da sua maneira”.
Você pode dizer que contribuiu só com uma pequena parte, mas um oceano não é nada mais do que milhões de gotas.
Uma gota pode pensar que não é responsável pelo oceano, mas a gota é responsável, sem a gota não haveria oceano.
O oceano é só um nome, a realidade é a gota.
A sua transformação é o começo da transformação do mundo, porque “você é o mundo!”
Se a revolução acontecer em você, ela acontecerá para o mundo todo.

Se você estiver sofrendo não diga que este mundo é feio, que as pessoas são más, você não é uma vítima, você é mais um colaborador deste mundo doente.
Você contribui, e no fim participa do resultado.

Você é o mundo.
Se você quiser mudar o mundo, não comece pelo mundo, comece por você.
Foi por tentar mudar o mundo que todas as revoluções fracassaram.
Só uma revolução pode ser bem sucedida, a revolução do indivíduo, mude você mesmo.
Fique alerta para não contribuir com qualquer coisa que torne o mundo pior, um inferno.
Contribua com alguma coisa para que o mundo se torne um paraíso.
Se todas as pessoas começarem a fazer isso, haverá uma revolução sem violência.
Sem violência nas palavras, e sem violência nas atitudes.

BSR




Nenhum comentário:

Postar um comentário